Neste artigo quero falar sobre algo que ignoramos, o desejo de ser especialista.

Seja no ambiente familiar, profissional ou até entre amigos é possível perceber: as pessoas têm obsessão em ser especialistas sobre qualquer assunto. Consegue pensar em alguém assim?

Não se sabe ao certo quando essa obsessão começou – talvez tenha sido com os homens das cavernas ou durante o império romano –, a questão é que a gerações a humanidade nutre esse desejo incontrolável de ser autoridade em algo.

Você acha que é saudável saber tudo sobre um assunto?

Aqui vou apresentar o conceito experimental que chamei de “Miopia do Especialista”, ele foi criado com base nas aulas de Bloqueios Mercadológicos do Curso de Reaprendizagem Criativa. Espero que goste. 😉

Não seja vítima da miopia do especialista!

Caso você não esteja familiarizado com doenças que afetam a vista, eu explico o que é miopia:

Miopia: vista curta, deficiência visual que impede o indivíduo de enxergar o que está distante (como o ônibus se aproximando do ponto). (Dicionário Aurélio da Keep)

Resumindo, a miopia se caracteriza pela dificuldade em enxergar objetos, pessoas e lugares que estão afastados.

“E o que isso tem a ver com especialista?”

Simples, quando descobrimos algum assunto que desperte interesse é normal (e muito saudável) buscar mais informações sobre ele, seja em livros, Youtube, blogs ou documentários. Logo, pode-se dizer que trazemos aquele assunto para perto de nossa vista.

A fome pelo conhecimento é algo que apoio e deve ser “alimentado” constantemente (afinal, ela nunca é completamente saciada), mas existe uma terrível consequência para quem se alimenta com conhecimentos sobre somente um assunto: a pessoa se torna míope.

O foco naquele determinado tópico é tão grande que vai ficando mais difícil enxergar e compreender o que te rodeia. Assim como uma pessoa míope pode não enxergar o nome do ônibus que se aproxima do ponto, você pode não enxergar tendências que influenciam seu trabalho ou consequências das próprias atitudes.

O especialista míope entra em uma caixa sem janelas, iluminação ou formas de contato com a sociedade, fecha a única saída e vive lá como se estivesse tudo ‘okay’, ignorando vários temas para pensar apenas no que entende.

O mundo vai muito além do que está dentro da caixa.

Caixa preta com duende em cima
Não faça dessa caixa sua nova casa, o gnomo não parece ser um bom vizinho.

Miopia Profissional

Independente da área de atuação qualquer profissional deve ter empatia. Isso significa que o profissional deve saber se pôr no lugar do cliente que baixa seu aplicativo, compra na sua loja ou utiliza algo que foi criado por ele.

Certa vez, li no blog de um designer algo que me deixou com a pulga atrás da orelha. Entre vários assuntos, ele falava sobre o foco que alguns profissionais da área vêm sendo na beleza do que criam – aplicativos e sites, por exemplo – e esquecendo-se da usabilidade.

Usando como exemplo justamente os designers, temos um ótimo “espécime” do especialista míope.

Você sabe as habilidades que você precisa desenvolver para o futuro?
WEBSÉRIE ONLINE & 100% GRATUITA
ASSISTIR AGORA
seus dados estão seguros
CONTEÚDO PREMIUM
Como você se preparou para educar seus filhos?

Aprenda a desenvolver e incentivar a criatividade natural das nossas crianças.

Valeu por se cadastrar, tenha uma boa leitura!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Criatividade é um processo.

É possível através de técnicas simples resolver qualquer problema ou desafio de forma criativa e inovadora.

criatividade 7 dicas
9 Dicas práticas e divertidas para você ser mais criativo
seus dados estão seguros
Massa! Obrigado pelo seu cadastro.
Oops! Something went wrong while submitting the form.
eBook gratuito
As escolas matam
a aprendizagem?
EBOOK PREMIUM

O que a esteira rolante, o cinto do batman e a cauda longa podem nos ensinar sobre a aprendizagem?

Massa! Fizemos com carinho esse conteúdo rpa você.
Oops! Something went wrong while submitting the form.
QUER APRENDER AINDA HOJE SEM GASTAR NADA?

Dá uma olhada na degustação grátis dos cursos da Keep Learning School

ACESSAR DEGUSTAÇÃO

Imagine que você passou anos estudando para aprender sobre design, ferramentas e afins, qualquer um que entenda pelo menos um pouco do assunto ao falar com você já consegue dizer “fulano sabe mesmo sobre isso!”. Ora, é muito provável que se considere um especialista em design após tanto empenho em aprender sobre.

Mas esse empenho de nada vale se você fica tão preso a conceitos e beleza e deixa de lado a finalidade da criação que, genericamente, direi ser ajudar pessoas.

Ajudar o usuário do aplicativo ou site, o receptor da imagem publicitária ou apenas o cliente que te contratou para fazer um logo.

Design de aplicativo

Esse exemplo pode se aplicar a qualquer profissão mesmo aquelas que não trabalham diretamente com criação como medicina, contabilidade e até direito.

O designer pode não enxergar que seu produto é complicado demais, assim como você pode estar tão fechado no que estuda que não vê como está te prejudicando ficar somente nisso.

Ser especialista em algo é ótimo, se esquecer do restante é péssimo.

Cure a miopia, seja um especialista curioso!

Garoto curioso com pisca-pisca

A criatividade surge da diversidade, ou seja, do repertório que carregamos em nossas mentes. Então você pode ser especialista em design, mas não ouça, leia e assista apenas sobre isso.

Saia da caixa do especialista que o impede de enxergar o mundo e se arrisque.

Não é porque você faz algo incrivelmente bem que deve viver só em função daquilo, um dia aquilo pode se tornar obsoleto e aí o que você vai ter para ser especialista?

Não sabe cozinhar? Cozinhe. Não sabe dançar? Dance. Não sabe fazer artesanato? Compre uma revista de R$1,99 na banca de jornal e uma caixa de massinha de modelar, bora tentar!

Pequenas atitudes causam grandes impactos e são possíveis de se ter com apenas cinco minutos do dia dedicados a algo totalmente aleatório.

Afinal, nós nascemos curiosos e desaprendemos a ser curiosos.

Voltando a falar da miopia, por mais terrível que possa parecer não enxergar objetos distantes, ela tem sua “cura”: o uso de óculos.

Mas a miopia de quem escolhe não enxergar o que o rodeia e prefere ver apenas o que está diante de seu nariz, essa só se cura com muito #HardWork e mente aberta.

Não seja mais um especialista míope, seja especialista em várias coisas e amplie seu conhecimento ainda mais.

O mundo vai muito além da sua caixa, simbora conhecer ele todinho papai!

Nat Almeida

Oi sou a Natália, uma futura publicitária metida a escritora viciada em sorvete de flocos e aleatoriedades. Escrevo para o blog da Keep e algumas histórias de ficção sobre as quais nunca irei falar hahaha. Espero que goste do conteúdo e acompanhe o blog.

Curtiu? Compartilhe com seus amigos!